Força Aérea

Mulheres na Força Aérea

A Força Aérea procura aproveitar as valências das mulheres adequando-as à missão. Atualmente, cerca de 15% do seu efetivo já é constituído por mulheres. São encaradas como uma mais-valia, pois contribuem para a segurança de toda a população recorrendo a novas fontes de informação, e com a sua sensibilidade são fulcrais aquando da sua participação nos processos de construção de paz, pré-requisito para a estabilidade, aumentando, assim, a sua eficácia operacional.
Na Força Aérea as mulheres são promovidas e reconhecidas, tendo por base as suas valências e prestações. É uma instituição que respeita o pagamento de salários iguais independentemente do género e que oferece um local de trabalho harmonioso, inclusivo e respeitoso, onde o profissional poderá crescer.

Major Susana Marques, em missão da ONU na Colômbia.