Exército Oficial

Material

Missão

Prestar serviço em unidades do Exército, exercendo funções de comando, direção ou chefia, estado-maior e execução que requeiram elevado grau de conhecimentos de natureza científico-técnica e de qualificação. A tropa de Material é responsável pelo armazenamento, fornecimento, manutenção de armamento, viaturas e outros meios e equipamentos. Especializada no apoio logístico à tropa em geral.

  • Desempenhar as funções de Comandante de pelotão de manutenção;
  • Identificar a missão do serviço de Material e as Unidades que o serviço dispõe e caracterizar a sua missão, organização e funcionamento;
  • Integrar-se na orgânica e funcionamento do Serviço Material;
  • Clarificar corretamente os trabalhos de manutenção na categoria e nível respetivo;
  • Assegurar ao seu nível as atividades do reabastecimento no serviço de material;
  • Orientar reparações e substituição de componentes dos equipamentos sujeitos a manutenção e reparação;
  • Organizar operações de manutenção de nível Unidade aos equipamentos de uma Unidade;
  • Ministrar formação na sua especialidade;
  • Conhece as armas e equipamentos orgânicos do seu pelotão, bem como o seu emprego tático;
  • Interpretar Ordens de Operações do seu Escalão Superior, restabelecer a missão e comunicar a sua própria Ordem de Operações de maneira simples aos seus militares;
  • Utilizar corretamente as técnicas individuais de combate;
  • Garantir que as guarnições que integram o pelotão executam a limpeza e manutenção dos materiais e equipamentos orgânicos da guarnição;
  • Faz a manutenção do seu equipamento e armamento;
  • Garantir o treino das guarnições e a sua proficiência técnica, tática e de procedimentos;
  • Garante periodicamente serviço de escala à unidade, de acordo com o estipulado no Regulamento Geral do Serviço nas Unidades, Estabelecimentos e Órgãos do Exército (RGSUEOE) para o seu posto e respetiva escala;
  • Recebe formação para manutenção e atualização dos conhecimentos (liderança, material e armamento, comunicações, condução, etc.);
  • Participa em exercícios de operacionalidade e demonstrações;
  • Presta serviços de guarda de honra em diversas cerimónias;
  • Presta apoio a entidades civis ou entidades militares.
  • Ter nacionalidade portuguesa;
  • Ter no mínimo 18 anos de idade;
  • Ter idade não superior a 27 anos à data de 31 de dezembro do ano de abertura do concurso;
  • Possuir aptidão psicofísica adequada;
  • Ter altura mínima de 1,60m (masculino) e 1,56m (feminino);
  • Não ter sido condenado criminalmente em pena de prisão efetiva;
  • Ter a situação militar regularizada;
  • Licenciatura e/ou Mestrado - Idade máxima: 27 anos;
  • Licenciatura em Medicina - Idade máxima: 30 anos;
  • Possuir habilitações literárias conforme condições e áreas de formação indicadas no aviso de abertura.

Provas Físicas Exército GeralProvas Físicas Exército Geral 2

Aviso n.º 1278/2022 - Concurso de admissão de voluntários para a prestação de serviço militar em regime de contrato na categoria de oficial

Regulamento do Concurso para o CFO

Formulário de Candidatura para Oficiais

O ingresso na categoria de Oficiais em regime de contrato, efetua-se mediante candidatura após publicação do concurso em Diário da República. O concurso é geralmente publicado com 90 dias de antecedência à data de incorporação, sem prejuízo de pontuais alterações.

Todos os militares que ingressam no Exército frequentam a instrução militar básica e a complementar, e após o seu término são colocados nas diversas unidades onde irão desempenhar as suas funções.

O Exército proporciona a frequência de diversas ações de formação gratuitas ao longo da carreira, de modo a que os militares possam desempenhar melhor as suas funções.

Instrução Básica

  • Duração: 25 dias úteis
  • Local: Escola das Armas (Mafra)
  • Vencimento: 665,00€ (ver nota)
  • Posto: Soldado Cadete
  • Nota: Os vencimentos são em valores brutos.
  • Nota: Durante a formação básica o contrato pode ser rescindido por iniciativa de ambas as partes sem haver lugar a indemnização.

Instrução Complementar

Instrução Complementar I e II

  • Duração: 35 + 25 dias úteis
  • Local: Escola das Armas (Mafra)
  • Vencimento: 1.105,39€ (ver nota)
  • Posto: Aspirante a Oficial
  • IC1: Esta instrução visa dotar o militar de formação militar avançada, sendo nesta fase ministrada técnica de combate.
  • IC2: Esta instrução visa dotar o militar de formação militar de liderança, sendo nesta fase ministrados módulos de comando e liderança.

Instrução Complementar Parte III - Especialidade

  • Duração: 50 a 70 dias úteis
  • Local: Regimento de Manutenção (Entroncamento)
  • Vencimento: 1.105,39€ (ver nota)
  • Posto: Aspirante a Oficial
  • Nota: Os vencimentos são em valores brutos.

Unidades de Formação

Certificação Profissional

Não aplicável em virtude de ser detentor de formação de nível superior.

Unidades de Colocação

Continente Açores Madeira

Profissões Relacionadas

Técnico de Abastecimento (TABST)
Força Aérea Oficial
Técnico de Abastecimento
Podes administrar as atividades relacionadas com a cadeia de abastecimento da Força Aérea.
Técnico de Armamento e Equipamento (TMAEQ)
Força Aérea Oficial
Técnico de Armamento e Equipamento
Podes dirigir e executar a reparação e armazenagem do armamento terrestre e aéreo.
Técnico de Manut. de Material Eletrotécnico (TMMEL)
Força Aérea Oficial
Técnico Manutenção de Material Eletrotécnico
Podes supervisionar e executar atividades de manutenção de material eletrotécnico.