Marinha Praça

Operações

Missão

Podes exercer funções no âmbito da execução e direção de sistemas de armas, sensores e equipamentos que se destinam à guerra no mar e de equipamentos e sensores que se destinam à condução da navegação e governo do navio.

  • Operar circuitos radiotelefónicos administrativos em português e em inglês;
  • Operar circuitos internos de comunicações;
  • Utilizar os sistemas criptográficos;
  • Utilizar código de baixo grau;
  • Preencher e atualizar quadros de situação operacional;
  • Manusear publicações nacionais e NATO;
  • Manusear publicações táticas;
  • Executar o registo operacional local e geral;
  • Operar radares e repetidoras;
  • Processar informação obtida por sistemas de transferência de dados (Link);
  • Efetuar o procedimento radiotelefónico associado a missões NFS;
  • Operar sistemas de armas e contramedidas de superfície, anti-aéreas e antisubmarinas;
  • Operar sensores de deteção acústica;
  • Colaborar na preparação e condução de operações navais;
  • Operar sistemas de radar secundários SIF/IFF;
  • Operar a rede de relatos AAW, ASW, ASUW e EW;
  • Compilar os panoramas aéreo, de superfície e de sub-superfície;
  • Colaborar no procedimento evasivo em ambiente NBQ;
  • Colaborar na atualização de documentos de navegação;
  • Operar sistemas de navegação eletrónica;
  • Efetuar ações de recolha e tratamento de dados oceanográficos;
  • Colaborar no planeamento e condução da navegação;
  • Elaborar cartas de tempo;
  • Colaborar na implementação da higiene e controlo do ruído;
  • Operar equipamentos de guerra eletrónica e reconhecer as suas vertentes de utilização (ESM, ECM e EPM).
  • Ter nacionalidade portuguesa;
  • Possuir, no mínimo,18 anos de idade;
  • Possuir aptidão psicofísica adequada;
  • Não ter sido condenado criminalmente em pena de prisão efetiva;
  • Ter a situação militar regularizada;
  • Possuir como habilitações literárias mínimas o 9.º ano de escolaridade ou equivalente;
  • Ter idade igual ou inferior a 24 anos, na data limite para a formalização da candidatura;
  • Ser titular de avaliação de mérito favorável, relativamente ao período de serviço militar eventualmente prestado.

CANDIDATOS FEMININOS:

  • 7 extensões de braços no solo ou 2 elevações na barra com mãos em pronação;
  • 22 flexões abdominais (tempo máximo de 1 minuto);
  • Correr 2400 m em terreno plano (tempo máximo de 15 minutos);
  • Nadar 25 m (Nado ventral, sem paragens nem apoios, e recolha de objeto na parte funda da piscina, sem exigência de controlo respiratório).

 

CANDIDATOS MASCULINOS:

  • 3 elevações na barra com mãos em pronação;
  • 29 flexões abdominais (tempo máximo de 1 minuto);
  • Correr 2400 m em terreno plano (tempo máximo de 13m30s);
  • Nadar 25 m (Nado ventral, sem paragens nem apoios, e recolha de objeto na parte funda da piscina, sem exigência de controlo respiratório).​

NOTAS: São permitidas 2 tentativas em cada uma das referidas provas.

Todos os militares que ingressam na Marinha frequentam a instrução militar básica e a complementar, e após o seu término são colocados nas diversas unidades onde irão desempenhar as suas funções.

A Marinha proporciona a frequência de diversas ações de formação gratuitas ao longo da carreira, de modo a que os militares possam desempenhar melhor as suas funções.

Instrução Básica

  • Duração: 25 dias úteis
  • Local: Escola de Fuzileiros, em Vale de Zebro (Barreiro)
  • Vencimento: 665,00€
  • Posto: Segundo-grumete recruta
  • Nota: Durante a formação básica o contrato pode ser rescindido por iniciativa de ambas as partes sem haver lugar a indemnização.

Instrução Complementar

  • Duração: 160 dias úteis
  • Local: Escola de Tecnologias Navais, no Alfeite (Almada)
  • Vencimento: 830,50€ (ver nota)
  • Posto: Segundo-grumete
  • Nota: Os vencimentos são em valores brutos.

Unidades de Formação

Certificação Profissional

Processo de equivalência com as qualificações do CNQ em curso.

Unidades de Colocação

Continente

Praça de Operações

Profissões Relacionadas

Operações
Força Aérea Praça
Operações
Podes executar tarefas relacionadas com a atividade das operações aéreas.